Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

azuleazul

azuleazul

Solidão

02.08.05 | Kita



Por indisponibilidade de vir aqui no dia 30 de Julho, escrevi o que sentia em papel... hoje passo para aqui.

Sinto-me só. Solidão, uma estrada interior coberta de pó. Tudo seco, luz e escuridão. Ar fresco que não refresca o interior. Duas faces que se excluen, uma face que tenta esconder a outra, sem força. Anseio de um pedaço de vida que retorne, que regresse a mim. Regressa... e faz renascer a vida novamente na minha face interior, que deambula pelo caminho sem azul, sem ti...

Kita , 30 Julho 2005.

2 comentários

Comentar post