Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

azuleazul

azuleazul

Do sonho... à realidade.

05.12.07 | Kita

 

Espot (Lleida), Espanha

 

O sonho faz parte da vida. E é por isso que eu continuo a sonhar. Comigo, contigo, com o meu mundo e folhas outonais numa estrada deserta rumo ao desconhecido. Porque é isso mesmo a vida: um enorme, infinito desconhecido.

 

Sonho a cada dia. Mas há sonhos que não dependem de nós, dependem do mundo. De um mundo que não pensa nos outros, só em si. Pessoas egocêntricas que apesar de muito terem só olham em prol de si mesmos...

 

Sim, gostava de ter muito dinheiro. Mas não para pensar primeiro em mim... pensaria primeiro na felicidade de muita gente que me é querida e outros que eu nem conheço mas que precisam de uma mão generosa e de uma amizade sincera.

 

O dinheiro não traz felicidade. Concordo. Mas ajuda muito em certos casos... como o do meu irmão. Comprei-te um casaco peludinho, bem quentinho (assim o espero) para te oferecer na noite em que o Pai Natal chega pela chaminé e dá presentes aos meninos que se portam bem. E tu tens-te portado bem. Tens zelado pela tua família e feito o maior sacrifício de todos: ter de estar longe deles.

 

O casaco simboliza o que eu não te posso dar: a passagem definitiva de Espanha, da neve e do frio para Portugal. Ao menos lá, espero que fiques quentinho... porque estando quentinho por fora, talvez seja mais fácil esquecer o frio que te arrefece o coração, tão longe de nós... tão longe do crescimento e das conversas sempre engraçadas com que o teu menino se sai a cada dia que passa.

 

Deves estar quase a chegar para mais uns dias em família. Só espero que tenhas uma boa viagem e que chegues bem.

 

Até amanhã.

 

Kita, 5 de Dezembro de 2007.

 

 

 

1 comentário

Comentar post