Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

azuleazul

azuleazul

O meu mar...

18.08.06 | Kita

Escrevo o meu nome junto ao mar, onde me reecontro nesta praia em grãos de areia, em pedaços de maresia. Cada concha do meu nome deitado em cristais de prata é um sentimento, uma parte esquecida de mim.



Este mar, esta praia alimentam a minha alma de vida. Cada onda traz mais uma recordação do que fui, do que aqui deixei nos breves instantes de silêncio interior.



Busquei estas mesmas ondas, este mesmo sal que agora bate a meus pés nesta areia quente de emoções, busquei este vento que eleva meus cabelos e me toca até ao âmago de mim... busquei esta praia e confessei-lhe medos e desejos. Pus tristezas e memórias nas suas águas e pedi para que as levasse para longe. Sentei-me a respirar o ar das ondas, sentir a sua calma, para que ela entrasse dentro de mim e eu conseguisse voltar a sorrir. Pedi às ondas, à imensidão que se estendia diante do meu olhar cinzento para voltar a ser feliz.



Hoje volto e recordo tudo. Recordo o passado, as mesmas lembranças, os mesmos sentimentos. E sinto a calma que sempre desejei. Sento-me à tua beira-mar e sei. Simplesmente. Sem mais nada. Porque mais nada é preciso. Simplesmente estar assim... É por isso que amo este mar...



Respiro fundo. Sou feliz.



Kita

6 comentários

Comentar post