Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

azuleazul

azuleazul

Silêncio...

26.04.06 | Kita


Sinto-me triste, perdida no meio do nada... fraca pelo amor que tenho dentro de mim e que tu não compreendes. Quis ser outra pessoa, quis ter outra alma, outro coração... e acabo despedaçada, novamente sendo um puzzle de mim mesma criado por ti e pela minha forma "estranha" de ser. Estranha? Não sei... será para algumas pessoas, mas para mim é simplesmente um ser que ama a manifestar-se dentro de mim.

Sinto-me sangrar de dor interior... um desespero de tentar ser talvez uma pessoa melhor para ti... para nós. E sinto-me de mãos atadas. Colocaste-te dentro de mim e agora atas-me estas mãos que só te querem amar... será que pensas em mim, em nós, quando te perdes?

Chegaste. Falas para mim, respondo-te com o meu silêncio magoado... nada do que dissesse faria diferença... talvez só viesse trazer mais dor. Choro e penso em tudo o que somos. O que poderíamos ser... e que tu não entendes. Não percebes o meu amor ferido e acabo sendo um pedaço de mim...

Sonho com um dia em que percebas tudo isto. Sonho... talvez um dia tu chegues à conclusão que não vale a pena e apostes em ti. E em nós. Talvez... talvez um dia me desates as mãos e me deixes amar-te a cada dia sempre com o mesmo amor alegre... e não este amor ferido.






3 comentários

Comentar post