.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.mais sobre mim

.Se me quiseres escrever...

kita19@gmail.com

.pensamentos recentes

. Porquê...

. Escrever

.pensamentos passados

. Setembro 2011

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

.pensamentos à deriva

.visitas







.tags

. 18anos(1)

. 3 caminhos(1)

. alemanha(1)

. alexandre o'neil(1)

. alma(3)

. amar(1)

. amizade(1)

. amor(7)

. aniversário(3)

. avô(2)

. azul(2)

. buppy(1)

. caixinha(1)

. calma(1)

. citação(2)

. citação minha(1)

. d38(8)

. dalai lama(1)

. deambulações(1)

. desalento(1)

. descontentamento humano(1)

. desistir(1)

. divagações(1)

. erasmus(2)

. escola(2)

. escrever(2)

. esp(1)

. estágio(3)

. etiquetas(1)

. eu(1)

. faces(1)

. fachada(1)

. faithful(1)

. felicidade(3)

. fidelidade(1)

. filho(1)

. filosofias(1)

. free(1)

. funeral blues(1)

. futuro(1)

. gouveia(2)

. granja(1)

. grito(2)

. grupo(1)

. homossexualidade(1)

. ignorada(1)

. incêndios(1)

. incompreensão(1)

. insistir(1)

. inspiração(1)

. interior(1)

. irmão(4)

. jardim botânico(1)

. john lennon(1)

. karate(2)

. lágrimas(1)

. lembrança(1)

. liberdade(6)

. loucura(1)

. lua(1)

. mãe(2)

. mar(7)

. mariana(1)

. memórias(1)

. metamorfose(1)

. modelo(1)

. mudança(1)

. mundo(1)

. não desistir(1)

. natal(2)

. neve(1)

. optimismo(1)

. pais(1)

. palavras(5)

. parabéns(1)

. paz(2)

. penacova(1)

. pensamentos(5)

. pensar(2)

. pensativa(1)

. perdida(2)

. perseverança(1)

. poema(5)

. portugal(2)

. razão de escrever(1)

. realidade(1)

. recordações(3)

. reencontro(2)

. regresso(1)

. renascer(1)

. retrospectiva(1)

. roberto(2)

. saudade(1)

. saudosista(2)

. sentimentos(7)

. sintra(2)

. solidão(3)

. sonho(10)

. vida(5)

. voar(2)

. todas as tags

.favorito

. Mais uma vez...

. Saudade

. Metamorfose

. O sonho...

Cambridge Dictionaries Online


Este é o meu cantinho onde guardo os meus pensamentos, os meus sentimentos que vao percorrendo a minha vida e o meu mundo...

Terça-feira, 20 de Abril de 2010

Porquê...

 

The waves of destiny?

 

3 horas da manhã. E eu continuo aqui, de caneta em punho e pensamentos a mil.

 

Acho que é daqueles momentos em que me apetece escrever simplesmente porque sim.

 

Porque as letras lavam a alma. Uma alma suja de um mundo inútil que não sabe amar.

 

Porque cada rasgo de tinta me aproxima mais de mim própria e do meu eu interior.

 

Porque ao escrever não sou ninguém. Sou só eu. Simplesmente eu.

 

Porque escrever dá-me liberdade. Liberdade de gritar em silêncio, um grito que permanece no papel e me deixa ser eu.

 

Porque escrever me faz, ainda que por vezes tenuamente, um pouco mais feliz.

 

Porque ao escrever, posso sonhar e voar. Ser tudo e todos. Fechar os olhos para o mundo real e abafar a tristeza com um simples punhado de areia e o som de uma onda do mar a bater nas rochas ou a desmaiar aos meus pés.

 

Porque ao escrever cada letra sinto tudo e não sinto nada. Sinto a tristeza a cada traço de tinta...

 

Porque as letras lavam a alma. Já disse. Eu sei. Mas é essa a verdadeira e mais pura razão. Não escrevo simplesmente porque sim. É porque gosto. E apesar de por vezes as palavras serem tantas e tão intensas e mesmo assim não quererm ficar marcadas no papel, eu continuo a tentar.

 

Porque escrever faz bem. Lava a alma, sim, mas também lava o coração, por vezes tão cansado de uma vida que não deveria ser minha. Ou deveria? Quem sabe os desígnios do Destino...

 

O meu é escrever. Escrever para ser eu num mundo sem poetas ou escritores. Num mundo que não sabe o verdadeiro significado de uma letra. Que poder!

 

Escrevo porque sonho, porque sinto, porque choro, porque rio, porque salto, porque morro, porque... vivo.

 

 

Escrevo simplesmente para viver.

 

E vivo simplesmente para escrever.

 

Kita

 

19 de Abril de 2010, 3h24

tags:
pensamento solto por Kita às 02:05

link do pensamento | solta o teu pensamento | favorito
Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

Escrever

Escrever... simplesmente uma vida... uma forma de estar...

 

Como há já muito não me acontecia, sinto falta das palavras, falta de escrever, falta de ser eu num papel ou num teclado...

 

Recomeço de aulas e uma vida quase sem tempo. Sonhos encontrados e desencontrados... sonhos vividos e perdidos algures no tempo.

 

Tempo para viver. É o tempo que temos de procurar sempre. E por isso viver na plenitude, sem nos preocuparmos em demasia com a vida e com os momentos menos bons que ela nos traz. Porque a vida não pode ser levada a sério. É um par de dias...

 

Continuo a sonhar. Sonho com palavras que não encontro, com o meu azul que por vezes deixo no meu mar.

 

E vejo-me de novo ali. Sozinha com as ondas e aquele som de final de tarde incomparável de beleza e paz. Adorava viver ali...

 

Escrevo simplesmente porque sim. Porque me lava a alma em dias de sujidade interior... em dias que preciso de me libertar, por vezes de mim mesma, por vezes da vida que não é para levar a sério...

 

As palavras são como bálsamo para um interior cheio de um não-sei-o-quê que por vezes não me deixa ser eu. E escrever é ser eu.

 

Respiro fundo enquanto escrevo de olhos fechados... só ouvindo o som das teclas, sentindo os meus dedos deslizar de tecla em tecla numa desordem organizada. Gostava de ser assim na vida... fechar os olhos e conseguir tudo aquilo que era necessário para o bem do mundo (e não só o meu...). Mas infelizmente nem com os olhos bem abertos consigo isso... e é por isso que ainda há crianças a morrer à fome num mundo em que os ricos só se preocupam com o seu umbigo...

 

Kita, 26 de Setembro de 2008. 

sinto-me: without feelings to show
música: Silêncio
pensamento solto por Kita às 19:01

link do pensamento | solta o teu pensamento | favorito